Você está aqui
Home > Destaque1 > EM JOÃO PESSOA AS CENTRAIS UNIFICARAM ATO DO 1º DE MAIO EM DEFESA DA PREVIDÊNCIA E SALÁRIOS DECENTES

EM JOÃO PESSOA AS CENTRAIS UNIFICARAM ATO DO 1º DE MAIO EM DEFESA DA PREVIDÊNCIA E SALÁRIOS DECENTES

Ontem, 1º de maio, em João Pessoa, os trabalhadores foram as ruas em defesa da aposentadoria através da preservação da Previdência Social e na luta para impedir a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 06/2019, que aumenta o tempo de contribuição e reduz o valor do benefício pago os aposentados e pensionistas.

O ato foi promovido pelas centrais sindicais NCST/PB, CTB/PB, CUT/PB e pelas Frentes Brasil Popular, Frente Povo Sem Medo e os movimentos populares,  começou às 14h em frente ao Centro de Zoonoses.  Os participantes, em protesto contra a Reforma da Previdência, caminharam com cartazes e faixas até o Mercado Público de Mangabeira. A manifestação foi marcada por um ato político cultural que reuniu lideranças das políticas sociais, bem como artistas populares.

Os trabalhadores urbanos e rurais  não aceitam a reforma da Previdência que é o maior ataque e desmonte do patrimônio público da nação brasileira, que só interessa aos banqueiros e mercado financeiro internacional.

Na cidade de Campina Grande, os trabalhadores também saíram às ruas. O ato aconteceu na  Praça da Bandeira onde foi denunciado o fim da aposentadoria e o desmonte da Previdência, proposta pelo atual presidente Jair Bolsonaro (PSL), falou Antonio Erivaldo Henrique  presidente da Nova Central Sindical da Paraíba – NCST/PB.

Da Assessoria.

Top