Você está aqui
Home > 2019 > março

NA PARAÍBA TRABALHADORES EM GERAL PARTICIPARAM DO ATO DE PROTESTO CONTRA A REFERMA DA PREVIDÊNCIA PEC 06/2019

Os trabalhadores atenderam à convocação das centrais sindicais e participaram da grande mobilização nacional no último dia 22 (sexta-feira), em João Pessoa/PB. Foram mais de 1500 trabalhadores das diversas empresas privadas, servidores públicos e movimentos sociais. O ato foi contra a PEC-06/2019 da nova Reforma da Previdência Social pretendida pelo

Governadores nordestinos unem forças contra propostas do governo Bolsonaro

Eles pretendem dialogar com deputados e senadores para fortalecer a resistência contra políticas de retrocesso. Entre elas, a "reforma" da Previdência e mais acesso a armas.Contrários à "reforma" da Previdência proposta pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL), bem como a medidas que facilitem o acesso a armas e que podem retirar recursos de áreas

NCST reafirma total apoio à Frente Parlamentar Mista em Defesa da Previdência Social

Entidade atua em diversas frentes de resistência à proposta de “reforma” da Previdência conduzida pelo governo. Na avaliação da NCST, projeto tem potencial para jogar milhões de trabalhadores na insegurança e preocupação quanto à proteção social que possuirão na velhice. Experiências internacionais revelam resultados trágicos resultantes do modelo de capitalização.A

Sindicatos vão à Justiça contra MP 873 pelo direito de autonomia dos trabalhadores

Centrais sindicais tentam reunião com presidente da Câmara, Rodrigo Maia, com objetivo de resgatar projeto de lei que regulamenta autonomia dos trabalhadores para financiar sua organização.A medida provisória do governo Bolsonaro que proíbe sindicatos de descontar a contribuição sindical diretamente no salário dos trabalhadores foi apresentada na surdina, na véspera do

Nova Central repudia MP que altera recolhimento da contribuição sindical

Companheiros e companheiras,É com grande pesar que a Nova Central Sindical de Trabalhadores - NCST recebe a informação de que o Governo Federal, por decisão do presidente da República, Jair Bolsonaro, publicou uma absurda Medida Provisória (MP) que altera a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), estabelecendo a obrigatoriedade de que a contribuição

Reforma da Previdência de Bolsonaro prejudica mais as mulheres, diz Dieese

As mulheres serão mais prejudicadas que os homens caso as mudanças previstas na reforma da Previdência sejam aprovadas, segundo análise do Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Econômicos).Uma das principais alterações que exigiriam mais sacrifício das mulheres seria a idade mínima. A reforma prevê que ela subirá de 60 para 62 anos

Top